top of page

Na luta pelos direitos dos povos historicamente oprimidos.

Vídeo Reprodução




O racismo religioso é sempre sentido quando o acesso ao direito, garantido em nossa constituição, é dificultado para expressões e sacerdotes de fé religiosa. Essa é uma das marcas de uma nação formada a partir da escravidão. A falta da garantia da imunidade tributária às casas de axé é um exemplo disso. E é essa a realidade que queremos e vamos lutar para transformar.


Agradeço a mãe Vanda, pai Lula e pai Ricardo pela acolhida e articulação com as lideranças do axé, na oportunidade que reafirmo meu compromisso com as lutas pela justa causa! Assim como ao companheiro Xandó e equipe pela assessoria jurídica.


Que o machado de xangô nos fortaleça nessa jornada!


Fonte: Tauã Fernandes

6 visualizações0 comentário
bottom of page