top of page

"A verdade prevaleceu", diz líder governista na Alba sobre reembolso de U$ 8,4 milhões

"A verdade prevaleceu", diz líder governista na Alba sobre reembolso de U$ 8,4 milhões de respiradores aos cofres da Bahia



Foto Reprodução


O líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), declarou, nesta quinta-feira (3), que a verdade veio à tona, ao comentar o ressarcimento de cerca de U$ 8,4 milhões aos cofres públicos da Bahia, via acordo judicial, com a empresa norte-americana Ocean 26 Inc, que negociou a venda de 600 respiradores com o Governo do Estado, mas não entregou os equipamentos.

"Estávamos certos e a verdade veio à tona, o Governo da Bahia não tinha nenhum tipo de responsabilidade, tudo o que o governador fez foi dentro da legalidade e pensando no melhor para a Bahia", defendeu o parlamentar.

Rosemberg contextualizou, "no início da pandemia houve uma corrida para aquisição de equipamentos como os respiradores. Infelizmente, existem pessoas de má índole em todos os lugares e, neste caso, aproveitaram-se desta situação atípica e emergencial".

A compra dos 600 respiradores foi formalizada em março de 2020 e a entrega dos equipamentos deveria ter sido realizada em abril daquele mesmo ano. À época, o governo baiano antecipou parte do valor do pagamento, cerca de U$ 8,4 milhões, mas os respiradores nunca foram entregues, fato que motivou a ação judicial contra a empresa perante a justiça americana.

"Rui Costa trabalha na legalidade, quem utilizou deste infortúnio de forma leviana deveria pedir desculpas ao governador e ao Governo da Bahia", concluiu o líder governista na Alba.




2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page